29 de jun de 2008

(...)
Boca de riso escarlate
E de sorriso de rir...
Meu coração bate, bate,
Bate de te ver e ouvir.
(...)
Fernando Pessoa

Nenhum comentário: