18 de nov de 2008

(...)

Entre o teu corpo e o meu desejo dele
'Stá o abismo de seres consciente;
Pudesse-te eu amar sem que existisses
E possuir-te sem que ali estivesses!

(...) Fernando Pessoa, in "A Falência do Prazer e do Amor"

Nenhum comentário: