19 de nov de 2008


a noite – enorme
tudo dorme
menos o teu nome
Paulo Leminsky

Nenhum comentário: