23 de fev de 2009

E estava convencido na solidão de sua alma
de haver amado em silêncio
muito mais do que alguém jamais amara neste mundo
Gabriel Garcia Marquez in “O Amor no Tempo do Cólera

Nenhum comentário: