14 de jun de 2010

"Ninguém é dono de sua felicidade, por isso:
não entregue sua paz e sua vida nas mãos de ninguém.
Somos livres, não pertencemos a ninguém
e não podemos querer ser donos dos desejos,
 das vontades ou dos sonhos de quem quer que seja”.

A Revolução da Alma, Aristóteles - 360 AC

2 comentários:

Marcos Ferraz disse...

simples assim!

Endim Mawess disse...

Aristoteles devia estar pensando nos escrevos quando escreveu isso.