16 de out de 2008

"(...)
Que dias há que na alma me tem posto
Um não sei quê, que nasce não sei onde,
Vem não sei como, e dói não sei porquê."

...porque o amor é assim mesmo...
Sente-se...apenas!

Camões

Nenhum comentário: