18 de jun de 2010

Aprendamos, Amor


Aprendamos, amor, com estes montes
Que, tão longe do mar, sabem o jeito
De banhar no azul dos horizontes.

Façamos o que é certo e de direito:
Dos desejos ocultos outras fontes
E desçamos ao mar do nosso leito.

José Saramago, in "Os Poemas Possíveis"

2 comentários:

nas entrelínguas disse...

Lindo poema, muito lindo. Roubei, viu?!
Beijo =)

Endim Mawess disse...

gosto destas quatro coisas: Sramago, poesia, mar e você (seu blog)