7 de mai de 2010

Meu rosto está maquiado, limpo de
Toda singularidade, tornado vazio, para refletir
Os pensamentos, agora mutáveis
Como voz e gesto.

Bertold Brecht (Maquiagem, sobre Helene Weigel)

Nenhum comentário: